Que alegria ver você por aqui!
Entrar

Encontre seu pedido!
O que é manteiga vegana?
Quando começamos a fabricar nossos produtos, naturalmente passamos a chamá-los de manteigas veganas, sem nos darmos conta que se tratava de um termo totalmente novo em português.

A manteiga, ou mantega, tradicional é um produto derivado da emulsão de água na gordura de leite animal, como o da vaca, cabra e búfala, consumida em pães, torradas e receitas em geral.

Em comum com a manteiga tradicional, a manteiga vegana têm só o primeiro nome e a forma de consumo.

Manteigas veganas são feitas com castanhas, amêndoas e sementes in natura ou desidratadas, num processo de moagem milenar que reduz lentamente as fibras dos ingredientes à partículas mais finas que fios de cabelo, liberando todo o seu óleo e obtendo uma pasta de textura encorpada e que derrete na boca, com sabores e aromas intensificados.

Podem ser consumidas por crianças e adultos e utilizadas com pães, torradas, frutas, shakes, vitaminas, sobremesas e diversas outras receitas.

Além de ótimas ao paladar, as manteigas veganas oferecem inúmeros benefícios a saúde, principalmente se comparadas às manteigas tradicionais.
Há uma camada de óleo na superfície de minha manteiga vegana Bioporã. Isso é normal? O que fazer?
A separação do óleo em nossos produtos é normal, ocorrendo por dois motivos.

Em primeiro lugar, o óleo apresenta menor densidade que as fibras presentes, o que resulta naturalmente em separação, intensificada pelo transporte.

Em segundo lugar, não utilizamos emulsificantes, também chamados de surfactantes, que cumprem a função de manter produtos que contenham óleo sempre homogêneos, um aspecto valorizado na indústria alimentícia convencional.

Caso ocorra separação, basta mexer o produto com uma colher limpa.

No caso da Manteiga de Coco Bioporã, se o produto estiver solidificado e com uma camada mais clara na superfície, basta aquecer em banho-maria em temperatura que não queime sua mão a porção desejada ou expor o produto ao Sol sem a tampa, cobrindo com um pano de prato limpo até que derreta.

E lembre-se: não há adição extra de óleo em nenhum produto Bioporã. Todo o óleo contido nos produtos é oriundo exclusivamente dos ingredientes utilizados.
É preciso conservar as manteigas Bioporã na geladeira?
Não é necessário conservar sua manteiga vegana Bioporã na geladeira, mesmo após aberta.

O longo prazo de validade de nossos alimentos se deve em função da ação do óleo original dos ingredientes que age como um conservante natural e também pela total ausência de água, um elemento que acelera o processo oxidativo.

No entanto, caso deseje deixar sua Bioporã com uma consistência mais firme, você pode refrigerá-la.

Sob refrigeração, há sabores, como a Manteiga de Coco, a Cajutella e o Cacau Nutty que ficam bem durinhos, o que permite novas possibilidades no preparo de receitas.
MINHA MANTEIGA DE COCO ESTÁ SUPER COMPACTADA NO FUNDO. O QUE FAZER?
A Manteiga de Coco Bioporã é bastante sensível à variações de temperatura e ao transporte, fatores que afetam sua homogeneidade.

Por não conter surfactantes (um tipo de aditivo artificial que mantém a homogeneidade de alimentos industrializados) acentua esta característica.

Assim, com o calor e o transporte, o óleo, mais leve, tende a subir e se separar das fibras, mais pesadas. Estas, por sua vez, vão sedimentando no fundo do pote.

Para tornar o produto novamente homogêneo, basta misturá-lo com uma colher limpa, se necessário fazendo uso de banho-maria brando, colocando a própria embalagem para aquecer.

Em dias ou climas muito quentes, a separação e sedimentação se acentua e pode ocorrer a formação de uma camada de fibras super compactada no fundo do pote.

Neste caso, se não for possível misturar o produto na embalagem ou com banho-maria, retire-o da embalagem e coloque-o em um recipiente limpo e seco para facilitar a mistura.

Lembre-se: você tem em mãos um alimento integral, cru e 100% isento de aditivos artificiais. Portanto, trata-se de um alimento sensível à variações de temperatura e exposição à esforços mecânicos (transporte).
GRUMOS E PONTINHOS BRANCOS NA MANTEIGA DE COCO
Em função do teor de gordura - que muda de safra para safra no coco utilizado -, da variação de temperatura e da ausência de surfactantes podem ocorrer dois fenômenos bastante peculiares com a Manteiga de Coco Bioporã.

Um deles é o surgimento de grumos brancos levemente escurecidos, que lembram muito bolinhas de sagú. Apesar da aparência estranha, trata-se de um tipo peculiar de solidificação do óleo presente no próprio coco.

Para eliminar os grumos, basta aquecer o produto ao Sol ou em banho-maria brando na própria embalagem, misturando em seguida com uma colher limpa e seca. Eles desaparecerão rapidamente.

Outra situação que pode ocorrer é a presença de pontinhos brancos na Manteiga de Coco.

Assim como os grumos, trata-se de outra forma peculiar de solidificação do óleo presente no coco. Para eliminá-los, aqueça o produto ao Sol ou em banho-maria brando, misturando em seguida com uma colher limpa e seca.
Qual a diferença entre a Manteiga de Coco Bioporã e os óleos de coco encontrados no mercado?
Os óleos de coco são 100% óleo do coco, sem fibras, obtidos por meio da prensagem da polpa do coco seco.

Já a Manteiga de Coco Bioporã é obtida pela moagem da polpa do coco seco e desidratado, resultando num creme com aproximadamente 60% óleo e o restante de fibras.

Além da composição, os produtos também diferem nos ítens textura, aroma e sabor.

Comparada ao óleo de coco, a Manteiga de Coco Bioporã é mais cremosa quando líquida, derretendo imediatamente na boca quando saboreada. Seu aroma é levemente mais doce e seu sabor é bem mais intenso. Um verdadeiro "leite condensado" vegano!
Por que são utilizadas castanhas, amêndoas e sementes cruas?
Pelo simples fato de, com isso, preservarmos o máximo de enzimas e nutrientes bio-disponíveis dos alimentos, facilitando sua digestão e aumentando seus benefícios à saúde.
MINHA CAJUTELLA ESTÁ COM UMA CAMADA ESBRANQUIÇADA NA PARTE DE CIMA. ESTRAGOU?
Em temperaturas ou climas amenos e frios, e também em função do processo natural de separação do óleo, a Cajutella pode apresentar pequenos pontinhos, círculos ou mesmo toda a superfície com uma coloração amarelo-esbranquiçada.

Apesar da aparência estranha, trata-se de uma forma peculiar de solidificação dos óleos do cacau e da castanha de caju.

Para eliminá-los, basta aquecer o produto ao Sol ou banho-maria brando e misturá-lo.

Lembre-se de consumir sua Bioporã dentro do prazo de validade!
Por que o Tahine Cru Bioporã é feito com gergelim despeliculado?
Priorizamos o uso de ingredientes integrais, pelo benefício à saúde que oferecem. No caso do Tahine Cru, tivemos que abrir uma exceção, pois sua casca crua dá ao produto final um toque amargo intenso, razão pela qual os tahines convencionais são feitos com gergelim torrado.

Ainda assim, o gergelim despeliculado apresenta características nutricionais que o tornam um um produto riquíssimo em minerais, fibras, ácidos graxos e enzimas.
Como posso utilizar as manteigas veganas Bioporã?
Esta é a melhor parte!

Você pode saborear sua Bioporã com sua fruta favorita, pães, torradas, crackers, canapés ou simplesmente de colher, direto do pote.

E se você gosta de inventar e experimentar novas possibilidades culinárias, vai se surpreender com a versatilidade de nossas manteigas veganas.

As possibilidades incluem shakes, vitaminas, molhos para saladas, tapiocas, crepes, moquecas, molhos para massas, risotos, doces, recheios, tortas, bolos e tudo o que sua criatividade permitir!

Se precisar de uma inspiração, você encontra centenas de receitas postadas diariamente em nossas mídias sociais:
Instagram, Facebook e blog Nutrichefs